Destaque Saúde

Hospital Municipal realizou quase 1600 cirurgias no ano de 2017

Procedimentos serão ampliados no ano de 2018

O retorno das cirurgias eletivas ao Hospital Municipal de João Pinheiro foi uma das grandes novidades em 2017. Sem esse tipo de procedimento há mais de dois anos, ele foi retomado após esforços da Prefeitura em obter recursos e parcerias para proporcionar ao pinheirense esse tipo de atendimento.

Durante todo o ano de 2017 foram realizadas 1.109 cirurgias de emergência, 288 pequenas cirurgias e 177 cirurgias eletivas, sendo:
57 Laqueaduras
47 Hernioplastias
28 Colecistectomias (retirada da vesícula)
20 Histerectomias (remoção do útero)
13 Vasectomias
9 Postectomias (circuncisão)
2 Prostatectomia (cirurgia de próstata)
1 Ureteroplastia

Erivelton, diretor administrativo do Hospital Municipal, considera o número bastante satisfatório, principalmente ao se levar em conta o período que não houve nenhum desses procedimentos além dos extrema urgência e também ao fato de que o hospital pinheirense faz atualmente intervenções não encontradas em municípios vizinhos. Relarou que foram realizadas cururgias em pacientes que estavam até 5 anos na fila de espera, e que isso deixa a equipe do hospital muito feliz, mas sabe que ainda tem um longo trabalho pela frente, mas aceita o desafio.

“Foi um número grande de cirurgias, tendo em vista que ficou mais de dois anos parado, só fazendo cirurgias emergenciais. Esse ano, graças ao empenho do prefeito Edinho e à parceria com a faculdade Atenas foi possível realizar um número bom de cirurgias. A fila das eletivas é muito grande, a gente sabe que ainda tem muitas pessoas na espera, mas conseguimos dar uma boa amenizada. E as cirurgias serão retomadas na segunda quinzena de janeiro”, garantiu.

“Hoje o hospital conta com cirurgião de sobreaviso 24 horas, qualquer hora que chegar uma pessoa com trauma ou alguma emergência que precisa de cirurgia naquele momento, e que possa ser realizada pelo hospital, é feita. Temos pessoal e material constantemente no hospital”, disse.

Apesar do crescimento no atendimento do hospital pinheirense, são bastante comuns reclamações quanto ao tempo de espera para as consultas e realização de exames. Erivelton pondera que sua equipe sabe que há falhas que necessitam ser corrigidas, mas destacou que há um tempo de espera normal em qualquer posto de atendimento de saúde, por várias razões.
“Há muitas instituições, até mesmo particulares, que você paga a consulta e precisa esperar. Em Patos mesmo que é onde muitas pessoas recorrem, você agenda consulta para as 15h e sai 18h, 19h. Você está pagando e ainda assim tem que esperar. Às vezes a demanda é muito grande e acarreta uma espera de uma hora, uma hora e meia, às vezes até um pouco mais. Mas na média as pessoas chegam e são rapidamente atendidas. E boa parte dos atendimentos a pessoa faz exame e já sai com uma receita. Então se a pessoa fala que chegou às 7h e saiu meio-dia, ela esquece de falar que já saiu de lá com o resultado do exame na mão. Nem sempre o atendimento é que demorou, mas o procedimento como um todo é demorado, contudo é um atendimento completo, com Raio X, com Ultrassom, o que for preciso”, explicou.
O Hospital Municipal conta hoje com 238 funcionários, entre equipe de limpeza, médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos de enfermagem e outros profissionais, todos trabalhando em harmonia. E, segundo Erivelton, aquele que causar algum problema com os colegas ou com a população, é imediatamente desligado.

“Todo médico contratado credenciamos a sua empresa para prestar o serviço no hospital. E uma vez que há reclamação ou mesmo insatisfação da população ou da equipe que trabalha com o profissional, se ele não consegue se adaptar, é imediatamente desligado. É feita uma avaliação periódica, temos médicos que prezam muito pelo atendimento, que buscam conversar com o povo e manter harmonia na equipe. E quando essa harmonia é quebrada o vínculo também é quebrado, nenhum médico ou médica está acima do hospital”

A Prefeitura entende que está longe de um atendimento digno para a população pinheirense, no entanto está empenhada a melhorar cada dia mais.

Prefeitura de João Pinheiro | Trabalhando com Responsabilidade.

Colaborador na redação: Site JPAgora